Pronto Atendimento Ortopédico - Aberto todos os dias (8 às 24h) (48) 3224-7466 (48) 98810-8383

Consultas

Buscamos devolver a qualidade de vida aos pacientes, atuando não apenas no tratamento, mas também na prevenção e na promoção da saúde.

Na Ortoclini, você encontra profissionais das diversas áreas de atuação da Ortopedia e Traumatologia. Nossa filosofia de atendimento busca devolver a qualidade de vida aos pacientes, atuando não apenas no tratamento, mas também na prevenção e na promoção da saúde.

Em nossa estrutura, dispomos também de recursos para a realização de exames complementares, como Raio X e Ultrassom, que auxiliam no diagnóstico e na definição da melhor conduta para cada paciente. Assim, os pacientes contam com comodidade para a realização de consultas e exames em um só local.

Agende sua consulta pelo telefone (48) 3224-7466 ou por whatsapp (48) 98810-8383.

Áreas de Atuação

Cirurgia da Coluna

Dr. Francisco Olimar Calone Neto (CRM 10242) – Conheça
Dr. José Osni Bruggemann Neto
 (CRM 14768) – Conheça

Todos os tipos de lesões e deformidades na coluna, sejam degenerativas ou por trauma, são tratados pelo médico especialista em Coluna.

Os problemas mais comuns que afetam a coluna são: lombalgia, artrose e hérnia de disco. A dor na coluna, quando intensa e persistente, acompanhada ou não de queimação e formigamento, precisa ser investigada.

O tratamento da dor na coluna pode ser medicamentoso ou cirúrgico. No entanto, o tratamento multidisciplinar e multiprofissional é o ponto de destaque dessa área da Ortopedia.

Em geral, os pacientes que sofrem de problemas na coluna são orientados para o acompanhamento com fisioterapeutas para auxiliar na sua recuperação. O trabalho multidisciplinar traz bons resultados no tratamento de lombalgia (dor lombar, nas costas, abaixo das costelas), lombociatalgia (dor lombar, nas costas, abaixo das costelas, com irradiação para nádegas e/ou coxas – uma ou ambas – e que pode estar acompanhada também de formigamento na perna – uma ou ambas), artrose e outros problemas que têm tratamento complexo e prolongado.

Cirurgia do Cotovelo

Dr. Cristiano Paulo Tacca (CRM 8567)  – Conheça
Dr. Leonardo Depiere Lanzarin (CRM 14364)  – Conheça

O cotovelo é a articulação que fica entre o braço e antebraço. Toda dor ou desconforto na região precisa ser investigada.

Diversos problemas podem causar dor no cotovelo. Em adultos, a causa mais comum é a tendinite, que é uma inflamação nos tendões que prendem os músculos ao osso.

Praticantes de atividades físicas com raquete estão mais propensos a lesionar os tendões do cotovelo. Quando a lesão acontece nos tendões pelo lado de fora do cotovelo, é chamada epicondilite lateral, conhecida também como cotovelo de tenista. Já quando acomete os tendões na parte interna do cotovelo, a inflamação chama-se epicondilite medial ou cotovelo de golfista.

Apesar da relação com as práticas esportivas, outras atividades podem causar tendinite no cotovelo, como movimentos repetitivos com o pulso e o braço, jardinagem e utilização de chave de fenda, por exemplo.

Outras doenças que acometem o cotovelo são: tendinite do bíceps, tendinite do tríceps, artrite, artrose e bursite.

A dor no cotovelo pode ser incapacitante, dificultando atividades simples do dia a dia, como escovar os dentes, tomar banho e comer. O médico ortopedista é o profissional capacitado para indicar o melhor tratamento para cada caso.

Cirurgia do Joelho

Dr. Andrey Morel Pucci (CRM 12978) – Conheça
Dr. Darci Duarte Lopes Junior (CRM 14222) – Conheça
Dr. Rafael Lehmkuhl Gesser (CRM 14281) – Conheça

O joelho é a maior e uma das principais articulações do corpo humano. É composto pela articulação tibiofemoral, femoropatelar e tibiofibular.
É considerada uma articulação complexa e sujeita a lesões, tanto traumáticas, como acidentes e quedas, quanto degenerativas, como desgaste e envelhecimento.

As lesões mais comuns são as de cartilagem (condropatia), menisco/ligamentares (cruzados e colaterais) e artrose.

O tratamento conservador das lesões envolve, principalmente, a prevenção através da prática esportiva sob orientação multiprofissional (médico, fisioterapeuta e educador físico). Algumas lesões necessitam de tratamento cirúrgico e devem passar por uma análise criteriosa do médico (anamnese e exame físico), associada a exames complementares.

Cirurgia da Mão

Dr. Cristiano Paulo Tacca (CRM 8567)  – Conheça
Dr. Leonardo Depiere Lanzarin (CRM 14364)  – Conheça

A dor na mão pode ser causada pelos movimentos repetitivos ou devido a doenças autoimunes. Normalmente, quando a dor é persistente e/ou dificulta a realização de movimentos simples, como segurar um copo ou escrever, é necessária uma avaliação médica.

Os problemas mais comuns que atingem as articulações das mãos são: artrite, síndrome do túnel do carpo, tendinite, fratura, gota, artrite reumatoide, lúpus e tenossinovite.

O tratamento das lesões nos tendões, das artrites, das pequenas articulações e fraturas do punho, da mão e dos dedos é realizado pelo Cirurgião de Mão. Novos métodos de diagnóstico, modernas técnicas cirúrgicas e materiais para correção de fraturas auxiliam no sucesso do tratamento.

A união dos Cirurgiões de Mão com a equipe de Fisioterapia permite um tratamento completo e que favorece o rápido retorno dos pacientes às suas atividades.

Cirurgia do Ombro

Dr. Breno Calgaro De Carvalho (CRM 8783) – Conheça
Dr. Eduardo Pauletto Da Costa (CRM 19115) – Conheça

A dor no ombro é uma das queixas mais comuns na consulta ao médico ortopedista, sendo a inflamação dos tendões a causa mais comum dessas dores.

O desgaste natural ao envelhecimento, as atividades esportivas (principalmente aquelas que envolvem movimentos de lançamento), as atividades que exigem elevação frequente do ombro e algum trauma ou queda sobre o local são fatores causadores desse tipo de condição.

Diversas outras afecções podem comprometer a articulação do ombro, dentre elas: ruptura do manguito rotador, capsulite adesiva, síndrome impacto subacromial, tendinite calcárea, luxação recidivante do ombro e instabilidade multidirecional.

Após investigação precisa e detalhada do problema, e com a realização de exames complementares, quando necessário, o ortopedista indica o melhor tipo de tratamento, que pode ser cirúrgico ou não.
Geralmente, o tratamento não cirúrgico ou conservador é realizado com a prescrição de medicamentos combinados com fisioterapia, aplicação de gelo e repouso, entre outras medidas.

Nos casos mais graves, quando ocorre ruptura de tendão, deslocamento do ombro, fraturas ou, ainda, quando o tratamento não cirúrgico não resolve o problema, é necessário o tratamento por meio de cirurgia.

É importante saber que a condução do melhor tratamento para as lesões de ombro dependem da avaliação médica e podem variar caso a caso.

Ortopedia Geral

Dr. Clayton Miguel Costa (CRM 6547) 

A Ortopedia é a especialidade médica que cuida das doenças e deformidades dos ossos, músculos, ligamentos, articulações, ou seja, de todos os elementos relacionados ao aparelho locomotor. Já a Traumatologia é a especialidade que lida com o trauma do aparelho músculo-esquelético. No Brasil, as especialidades são unificadas e recebem o nome de “Ortopedia e Traumatologia”.

Outro importante campo de atuação da Ortopedia e Traumatologia é a área do Esporte. De modo geral, é uma especialidade que trata as lesões esportivas nos mais diversos níveis de complexidade, de amadores até atletas profissionais.

Ortopedia Osteometabólica

Dr. Mario Cesar Kormann (CRM 5454)  – Conheça

As doenças osteometabólicas são caracterizadas pela perda de massa óssea e ruptura da sua microarquitetura. Essa condição provoca a fragilidade do tecido e, consequentemente, a incidência de fraturas.

A Osteoporose é a principal e a mais frequente entre elas, afetando, principalmente, pessoas idosas. A Osteomalacia, o Hipertireoidismo, o Raquitismo e a Doença de Paget são outras doenças osteometabólicas comuns.
Entre as causas mais comuns das doenças osteometabólicas estão: herança genética, baixa massa óssea, tratamento com corticosteróides, dieta com baixo teor de cálcio, sedentarismo, tabagismo e alcoolismo.

O diagnóstico depende da análise clínica do paciente e pode ser confirmado com a realização de exames de laboratoriais e de imagem. O tratamento das doenças osteometabólicas pode incluir medicamentos, dieta saudável e exercícios, com o objetivo de ajudar a prevenir a perda óssea e fortalecer os ossos já fracos.

Ortopedia Pediátrica

Dr. Andreas Christian Hornburg (CRM 17605)  – Conheça
Dr. Carlos Alberto Pierri
 (CRM 1472)
Dr. Mario Cesar Kormann (CRM 5454)  – Conheça

A Ortopedia Pediátrica é a área da Ortopedia dedicada ao estudo, diagnóstico e tratamento de alterações ortopédicas e traumáticas da criança e do adolescente.

O Ortopedista Pediátrico atua nas malformações congênitas, nos problemas posturais e em outras condições que surgem no sistema músculo-esquelético durante o desenvolvimento da criança e do adolescente. Atua, também, em doenças neuromusculares, como Paralisia cerebral, Mielomeningocele, entre outras, e no diagnóstico e tratamento de fraturas e outras lesões desta faixa etária.

Em linhas gerais, os procedimentos da Ortopedia Pediátrica podem compreender a orientação e indicação de métodos para ajustes posturais, imobilização (com gesso, talas ou órteses), orientação quanto ao uso de palmilhas e outros recursos, assim como a realização de cirurgias ortopédicas.

Cirurgia do Pé e Tornozelo

Dr. Julio Cesar Sartori (CRM 12307)   – Conheça
Dr. Luis Eduardo Rau (CRM 10923)
Dr. Renan Gallas Mombach (CRM 12776)

Os pés e tornozelos são responsáveis pela sustentação de todo o corpo. Segundo a Associação Brasileira de Medicina e Cirurgia do Tornozelo e Pé, 70% da população mundial vai sofrer algum problema ou dor nos pés ao longo da vida.

A falta de cuidados simples e corriqueiros são os principais responsáveis por muitas das alterações encontradas.

Na Ortopedia, os pés podem apresentar inúmeras alterações, desde deformidades congênitas que necessitam de correção como a deformidade em cavo, pé plano, deformidades adquiridas como o joanete (hallux valgus), doenças relacionadas com alterações biomecânicas como a fasciíte plantar, metatarsalgias, talalgias ou tendinites, além de problemas traumáticos como entorse do pé ou tornozelo, fraturas do pé ou tornozelo, rupturas tendinosas.
Com um estudo cuidadoso e uma avaliação criteriosa, o Ortopedista da área de Pé e Tornozelo é capaz de identificar o problema e indicar o tratamento adequado para cada paciente, preservando ou restituindo, da melhor forma possível, a função dessas regiões.

Cirurgia do Quadril

Dr. Daniel Codonho (CRM 12141)  – Conheça
Dr. Marco André Galiazzi
 (CRM 7661)  – Conheça

O quadril é uma articulação formada pelos ossos da pelve (acetábulo) e do fêmur (cabeça femoral) e por músculos e ligamentos que possibilitam a sustentação do peso do corpo e o caminhar (marcha).

Pode apresentar diversas doenças como artrose (desgaste), fraturas, necrose da cabeça femoral, displasia do quadril e outras que podem ser tratadas através de tratamentos conservadores ou cirúrgicos.

Contamos com uma equipe especializada no tratamento de doenças do quadril.

Trauma Ortopédico / Fraturas

Dr. Felipe Macri (CRM 11792) – Conheça

A área de Trauma Ortopédico tem como foco de atuação os procedimentos de
urgência e emergência. Dessa forma, atende pacientes que sofreram algum tipo de fratura nos membros superiores e/ou inferiores.

Geralmente, os traumas ortopédicos são associados a acidentes automobilísticos, quedas, traumas esportivos, esmagamentos e, até mesmo, traumas por armas de fogo. Assim, esses pacientes demandam um
atendimento rápido e especializado.

Muitas vezes, são necessárias intervenções cirúrgicas para o restabelecimento
da função músculo-esquelética do local do trauma. Em muitos casos, após a
cirurgia, os pacientes precisam de acompanhamento a longo prazo. Para uma boa recuperação, o envolvimento de equipes multidisciplinares, como Fisioterapeutas, costuma ser indicado.

O cirurgião do Trauma Ortopédico também realiza correção de sequelas decorrentes a fraturas dos membros.

Tumores Ósseos

Dr. Gerson Gandhi Ganev (CRM 7889)
Dr. Mario Cesar Kormann
 (CRM 5454) (Ortopedia Oncológica Pediátrica)  – Conheça 

Os ossos podem ser acometidos com tumores benignos ou malignos. No entanto, nem sempre as “manchas” evidentes nos exames de imagens correspondem a tumores. De forma geral, essas alterações podem representar lesões pseudotumorais, ou seja, falsos tumores. Por isso, a história clínica, o exame clínico e os exames de imagem auxiliam o médico especializado em Tumores Ósseos a diferenciar os grupos de lesões.

O câncer ósseo é relativamente raro. Quando começa no tecido ósseo, é chamado de câncer primário do osso. Quando inicia em outro órgão e, posteriormente, atinge os ossos, é conhecido como câncer metastático para o osso. Os tumores ósseos malignos também podem se desenvolver em lesões benignas prévias e, neste caso, são chamados de cânceres secundários.

Os sinais e sintomas mais frequentes dos tumores ósseos são dor e aumento de volume. Podem estar presentes em conjunto ou separadamente, principalmente no início do quadro.

Se existir a suspeita de tumor ósseo, procure assistência médica. O diagnóstico e tratamento precoces do câncer ósseo melhoram o prognóstico e aumentam as chances de cura.

Receba nossas orientações e novidades por e-mail:

Open chat
1
Olá! 👋
Como podemos ajudar você?
Powered by